Comércio exterior da China continua perdendo fôlego

Pequim, 8 Ago 2016 (AFP) - Os intercâmbios comerciais da China voltaram a cair em julho, segundo dados publicados nesta segunda-feira, o que reflete as incertezas da economia mundial em relação à fragilidade da demanda interna da potência asiática.

As exportações chinesas totalizaram 184,7 bilhões de dólares, em baixa de 4,4% em relação a julho de 2015, em seu quarto mês consecutivo de retrocesso, informou a Administração de Alfândegas.

As importações caíram, pelo 21º mês consecutivo, 12,5%, a 132,4 bilhões de dólares.

Essas cifras são muito piores do que o esperado: os analistas consultados pela agência Bloomberg previam uma queda de 3,5% das exportações e 7% das importações.

Essas estatísticas são observadas com cuidado para avaliar a saúde da segunda economia mundial: o comércio exterior continua sendo um dos pilares do PIB chinês, apesar dos esforços de reequilíbrio realizados por Pequim.

jug/jvb/js/cn

NOMURA HOLDINGS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos