Bolsas

Câmbio

Tensão em Hanghou na chegada de Obama

Hangzhou, China, 3 Set 2016 (AFP) - A chegada do presidente Barack Obama neste sábado à cidade chinesa de Hangzhou para a cúpula do G20 esteve marcada por cenas de tensão no aeroporto entre a delegação americana e os serviços de segurança chineses.

"Este é nosso país, é nosso aeroporto!", gritou visivelmente irritado um dos responsáveis chineses pela segurança em um vídeo gravado por uma jornalista que acompanhava o presidente e divulgado no Twitter.

As autoridades chinesas não gostaram do fato de o grupo de repórteres que sempre acompanha Obama em suas viagens estar na pista de pouso, embaixo da asa, como sempre fazem, e tentaram afastá-los.

Mas o grupo não se moveu e provocou o nervosismo das autoridades chinesas.

Pouco depois, quando Susan Rice, a assessora de Segurança Nacional da Casa Branca, e Ben Rhodes tentaram se aproximar do presidente, também foram impedidos pelos responsáveis pela segurança chineses.

"Fizeram coisas que não estavam previstas", disse Rice um pouco mais tarde sobre o incidente.

Obama chegou neste sábado a Hangzhou, onde anunciou junto à China a ratificação do acordo de Paris para limitar o aquecimento global.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos