Bolsas

Câmbio

Wall Street volta a níveis recordes motivada pelo petróleo

Nova York, 21 Nov 2016 (AFP) - Wall Street encerrou nesta segunda-feira (21) com seus índices batendo níveis históricos, graças à alta dos preços do petróleo.

O índice industrial Dow Jones subiu 0,47%, situando-se no recorde de 18.956,69 pontos. Nasdaq (+0,89%, nos 5.368,86 pontos) e S&P 500 (+0,75%, nas 2.198,18 unidades) também bateram recordes.

As ações americanas entraram em um movimento de alta desde as eleições de 8 de novembro, depois que o mercado passou a apostar em que o presidente eleito Donald Trump estimulará a economia com mais investimento público, reduções de impostos e menos regulação.

O que impulsionou o mercado foi a alta de 4% no preço do petróleo, depois que o mercado recebeu sinais de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) parece tender para um acordo de redução da oferta no fim deste mês.

Esse aumento da commodity se refletiu em Wall Street com a valorização do setor energético: Marathon Petroleum subiu 8,9%; ConocoPhillips, 3,6%; Exxon Mobil, 1,4%; e Chevron, 0,9%.

O mercado de títulos teve uma ligeira alta. Às 19h30 (horário de Brasília), no rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos, caía para 2,312% contra os 2,338% da última sexta-feira (18), e o dos títulos para 30 anos, de 2,993%, contra os 3,018% de sexta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos