EUA registram queda inesperada nas reservas de petróleo

Nova York, 15 Mar 2017 (AFP) - O estoque de petróleo nos Estados Unidos caiu de forma inesperada na última semana, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Departamento de Energia (DoE).

Na semana encerrada em 10 de março, as reservas comerciais de petróleo retrocederam em 200.000 barris, a 528,2 milhões de barris.

Os analistas consultados pela agência Bloomberg estimaram um aumento de pouco mais de 3 milhões de barris.

As reservas comerciais de petróleo subiram 7,3% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Pela segunda semana consecutiva, as reservas estratégicas de petróleo dsminuíram, desta vez a 800.000 barris.

O DoE também anunciou a queda de 3,1 milhões de barris dos estoques de gasolina, um pouco mais que os 2 milhões de barris previstos pelos especialistas da Bloomberg.

Isso representa 1,4% a menos em comparação com o mesmo período de 2016.

Os produtos destilados caíram a 4,2 milhões de barris, os analistas da Bloomberg esperavam a queda de 1,5 milhão.

A produção americana aumentou 21.000 barris por dia (bpd), a 9,109 milhões de bpd.

As reservas do terminal de Cushing, referência para o preço do petróleo operado em Nova York, caíram em 8,6 milhões de barris ou 7,8 milhões se não forem consideradas as reservas estratégicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos