Bolsas

Câmbio

China bloqueia site de compartilhamento de imagens Pinterest

Pequim, 17 Mar 2017 (AFP) - O site de compartilhamento de imagens Pinterest se tornou o mais recente serviço de mídia social bloqueado na China, indicaram nesta sexta-feira sites de monitoramento de censura.

De acordo com o greatfire.org e o blockedinchina.net, o serviço popular de compartilhamento de imagens está indisponível na China continental desde quinta-feira passada.

O Pinterest, com sede em São Francisco, se junta assim à empresa concorrente de compartilhamento de fotos Instagram - que tem uma base de usuários muito maior -, ao Twitter e ao Facebook na lista de plataformas de mídia social inacessíveis na China continental.

O Partido Comunista no poder restringe o acesso a muitos sites estrangeiros, incluindo o Google, com uma ampla rede de controles apelidada de o Grande Firewall da China.

Não há dados sobre o número de usuários na China, mas o Pinterest é usado principalmente por mulheres, que tendem a compartilhar imagens sobre assuntos não políticos, como comida, moda e viagens.

No entanto, alguns usuários do Pinterest mantêm pastas públicas de imagens sobre temas que são considerados politicamente sensíveis na China, como os direitos humanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos