Topo

Nokia cortará quase 600 vagas na França no biênio 2018-19

07/09/2017 08h33

Paris, 7 Set 2017 (AFP) - O gigante finlandês das telecomunicações Nokia vai cortar 597 vagas de trabalho na França, o que equivale a pouco mais de 10% de seu quadro de funcionário nesse país - disse um porta-voz do grupo nesta quinta-feira (7) à AFP.

Os cortes estão previstos para acontecer nos próximos dois anos, em 2018 e em 2019, nas filiais Alcatel Lucent International e Nokia Solutions and Networks (NSN).

Os setores afetados serão, principalmente, os serviços administrativos e de suporte. Pesquisa e desenvolvimento não serão atingidos.

A Nokia espera reduzir 1,2 bilhão de euros em gastos, até 2018, após as perdas líquidas de 766 milhões de euros no ano passado.

etb-paj/meb/pc/tt

NOKIA

Mais Economia