Bolsas

Câmbio

Maior diamante bruto do mundo é vendido por US$ 53 milhões

  • Dylan Martinez/Reuters

Londres, 26 Set 2017 (AFP) - O maior diamante bruto já encontrado no mundo em mais de 100 anos, de 1.109 quilates, foi vendido pela canadense Lucara Diamond para a empresa Graff Diamonds por US$ 53 milhões.

A empresa canadense afirmou no Twitter que estava "feliz" com a operação, enquanto a britânica Graff Diamonds, que pertence a Laurence Graff, informou que as negociações demoraram um ano. "

Nossa equipe de artesãos altamente qualificados se apoiará em muitos anos de experiência trabalhando dia e noite para garantir que façamos justiça a este singular presente da Mãe Natureza", declarou Graff.

A pedra preciosa foi levada a leilão em 2016 pela Sotheby's de Londres, mas não encontrou um comprador disposto a pagar US$ 70 milhões.

O diamante, um pouco menor que uma bola de tênis, batizado de "Lesedi La Rona" ("Nossa Luz" na língua tswaa), foi encontrado em novembro de 2015 pela Lucara em Botsuana, segundo maior produtor mundial de diamantes, depois da Rússia.

É o maior diamante descoberto em mais de 100 anos, mas o recorde de maior diamante permanece com o Cullinan, e 3.016,75 quilates, encontrado em 1905 na África do Sul e transformado em nove pedras para a Coroa britânica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos