PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Ministro britânico espalha confusão sobre agenda do Brexit

25/10/2017 18h32

Londres, 25 Out 2017 (AFP) - O ministro britânico para o Brexit semeou uma confusão nesta quarta-feira (25), ao declarar que o Parlamento pode não ser consultado sobre o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) até que o Brexit se concretize.

Em uma audiência ante os parlamentares, David Davis disse que as negociações com Bruxelas poderiam não prosperar até a data-limite para o Brexit, ou seja, março de 2019, de modo que o Parlamento britânico e o europeu só se pronunciariam quando o Reino Unido já tiver deixado a UE.

Contudo, uma hora mais tarde, a primeira-ministra britânica, Theresa May, disse "confiar" que se alcançará um acordo "a tempo para que o Parlamento possa votar" antes do Brexit.

Um porta-voz do Ministério de Davis também garantiu, mais tarde, que eles trabalham "para alcançar um acordo final antes de sair da UE".

apz-pau/fb/gde/erl/age/ll