Bolsas

Câmbio

Ministro de Finanças substitui Szydlo como premier polonesa

Varsóvia, 7 dez 2017 (AFP) - O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Mateusz Morawiecki, vai substituir Beata Szydlo à frente do governo conservador polonês, anunciou nesta quinta-feira (7) o partido governista Lei e Justiça (PiS).

"O comitê propôs a candidatura do vice-primeiro-ministro Mateusz Morawiecki ao cargo de primeiro-ministro", disse a porta-voz da PiS, Beata Mazurek, que anunciou que Szydlo apresentou sua demissão ao comitê político do partido.

Horas antes, Szydlo tinha superado uma moção de censura apresentada pela oposição liberal no Parlamento, mas havia rumores de que seu próprio partido iria substituí-la nesta quinta-feira.

O nome do líder do PiS, Jaroslaw Kaczynski, o político mais poderoso da Polônia, era cotado para substituir Szydlo.

"Houve uma evolução das tarefas inscritas em nosso grande projeto de boas mudanças", explicou Mazurek. "Esses fatores causaram a necessidade de corrigir a composição do governo, inclusive a gestão", disse ele, acrescentando que Szydlo vai permanecer no governo.

Ela deve ocupar o cargo de vice-primeira-ministra, de acordo com a agência de notícias polonesa PAP, que garantiu que haverá mais mudanças no Executivo em janeiro.

O novo primeiro-ministro, Mateusz Morawiecki, de 49 anos, é um ex-banqueiro, filho de um ex-opositor anticomunista radical.

Historiador formado na Universidade da Breslávia, cursou Ciências Econômicas e Direito nos Estados Unidos, Alemanha e Suíça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos