Bolsas

Câmbio

Sindicato francês denuncia discurso duplo do governo sobre Mercosul

Paris, 8 dez 2017 (AFP) - O maior sindicato agrícola francês FNSEA denunciou, nesta sexta-feira (8) o "discurso duplo" do governo francês sobre o Mercosul, que, segundo o grupo, vai permitir a importação de carne sul-americana de menor qualidade.

A União Europeia se prepara para receber contingentes sobretudo de carne e etanol "produzidos com normas sociais e ambientais muito distantes das que estão em vigor na França", lamentou o sindicado em um comunicado.

A associação indica que o governo francês pede aos produtores do país planos para melhorar a qualidade de sua oferta. Os objetivos são necessários, mas incoerentes com a estratégia comercial, segundo o FNSEA.

Há quase duas décadas, as discussões sobre um acordo de livre-comércio entre União Europeia e os quatro países do bloco latino (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) enfrentam divergências insuperáveis. As negociações foram suspensas em 2004 e retomadas seis anos depois.

A França está particularmente preocupada com as concessões feitas por Bruxelas acerca da carne bovina e do etanol, dois produtos muito sensíveis para o Velho Continente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos