Bolsas

Câmbio

Maduro atribui a 'sabotagem' falta de pernil no Natal

Caracas, 27 dez 2017 (AFP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou nesta quarta-feira (27) Portugal de sabotar a importação de pernis de porco, em meio aos protestos pela falta de um dos principais pratos da ceia dos venezuelanos no Natal e no Ano Novo.

"O que aconteceu com o pernil? Nos sabotaram. Posso dizer isso de um país: Portugal", disse Maduro, em um ato transmitido pela rede de televisão estatal VTV.

Segundo o presidente, seu governo comprou "todo o pernil que havia na Venezuela" e ordenou a importação de mais peças. "Mas perseguiram nossas contas bancárias, perseguiram os dois barcos gigantes que vinham", acrescentou.

Pequenos protestos foram registrados nos últimos dias em Caracas e em outras cidades venezuelanas pela ausência da carne de porco prometida pelo governo de Maduro para as festas natalinas, por meio de um sistema de venda de comida a preços subsidiados em zonas populares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos