Bolsas

Câmbio

Sem novos pedidos, Airbus pode encerrar programa A380

  • Divulgação

Paris, 15 Jan 2018 (AFP) - O diretor comercial da Airbus, John Leahy, anunciou nesta segunda-feira (15) que "a companhia não terá outro remédio a não ser parar o programa" dos A380, se a Emirates Airline não fizer novos pedidos.

"Honestamente, se não chegarmos a um acordo com a Emirates", o principal cliente do gigante aéreo, "não teremos outro remédio a não ser parar o programa", disse Leahy, durante a apresentação do informe comercial 2017 do grupo.

"Ainda estamos negociando com a Emirates, mas, honestamente, eles são provavelmente os únicos hoje no mercado que podem comprar um mínimo de seis (aviões) por ano em um período de oito a dez anos", completou.

Avião comercial com maior capacidade do mundo, o A380 recebeu 317 pedidos desde seu lançamento em 2007. Nos últimos anos, porém, não recebeu uma única encomenda.

Brasil entra na rota do A380, maior avião comercial do mundo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos