PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

UE, Rússia e Ucrânia se reúnem para tentar resolver conflito do gás

17/07/2018 12h32

Moscou, 17 Jul 2018 (AFP) - Convidadas pela União Europeia, Rússia e Ucrânia participam nesta terça-feira (17) de uma reunião em Berlim para evitar uma nova "guerra do gás" e falar sobre o trânsito de gás russo pela Europa nos próximos anos.

"Está claro que o tempo urge e que as negociações que nos esperam são complexas", disse o comissário europeu de Energia, o eslovaco Maros Sefcovic, em comunicado publicado antes da reunião.

Sefcovic se reunirá com o ministro russo de Energia, Alexandre Novak, e com o ministro ucraniano das Relações Exteriores, Pavlo Klimkine, além de representantes da empresa de gás russa Gazprom e da ucraniana Naftogaz, que se enfrentam na Justiça há anos.

Nos últimos anos, a Gazprom reduziu consideravelmente o volume de gás que transita pela Ucrânia, que teme ver seu papel de país de trânsito reduzido.

Ambos os países se enfrentam desde que a Rússia anexou a Crimeia em 2014 e pelo conflito no leste da Ucrânia.

Agora, Moscou quer reduzir ainda mais o trânsito do seu gás pela Ucrânia por meio de dois projetos de gasoduto que evitam o país: o Turkish Stream, que transita pela Turquia, e o Nord Stream 2, que deve entrar em funcionamento no fim de 2019.

O presidente ucraniano, Petro Porochenko, garante que o novo gasoduto é um projeto "totalmente político".

bur-apo/plh/pc/zm/ll/tt