PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Trump adverte presidente eleito mexicano para acelerar negociação do Nafta

Presidente eleito do México, Andres Manuel Lopez Obrador  - Gustavo Graf/Reuters
Presidente eleito do México, Andres Manuel Lopez Obrador Imagem: Gustavo Graf/Reuters

24/07/2018 23h08

O presidente eleito do México, o esquerdista Andrés Manuel López Obrador, revelou nesta terça-feira que recebeu uma carta do líder americano, Donald Trump, que pede a aceleração do processo de renegociação do Nafta.

"Considero que uma renegociação bem sucedida do Nafta (Tratado de Livre Comércio para a América do Norte) nos guiará para mais empregos e melhores salários (...) mas apenas se conseguirmos fazer isto de forma rápida, pois de outra maneira teremos que escolher outro caminho, muito distinto do presente", escreveu Trump na carta lida para a imprensa pelo futuro chanceler mexicano, Marcelo Ebrard.

A carta foi a resposta de Trump à mensagem de López Obrador, eleito em 1º de julho passado, propondo uma "nova relação" e "acordos" para se resolver os grandes problemas binacionais, como "comércio, emigração, desenvolvimento e segurança" na fronteira.

Trump concordou com estas "quatro prioridades" e garantiu que tem "grande interesse" em trabalhar "de perto" com o governo de López Obrador.

"Minha equipe tem trabalhado duro nos últimos 18 meses para incrementar a relação com o México nestas áreas. Foram instruídos para redobrar esforços com sua equipe de governo", escreveu Trump ao presidente eleito.

O líder americano destaca que para os Estados Unidos a imigração legal "é bem-vinda", mas "não aceitaremos a imigração ilegal".

"Estamos preparados para atender o tema do desenvolvimento econômico, assim como os relacionados à segurança, que provocam a emigração da América Central, mas também devemos incrementar a cooperação para proteger o Estado de Direito e a soberania de ambos países".

Uma relação bilateral "forte" se traduzirá em "um México muito mais forte e próspero, o que, francamente, me fará muito feliz", destaca Trump em sua mensagem, lida com o aval de Washington.

Na próxima quinta-feira serão retomadas em Washington as negociações para a renovação do Nafta entre Estados Unidos, México e Canadá.