PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall Street fecha em baixa puxada por Twitter

27/07/2018 19h42

Nova York, 27 Jul 2018 (AFP) - Wall Street fechou em baixa nesta sexta-feira, puxada pelos resultados das empresas, especialmente o da rede social Twitter, apesar do forte crescimento trimestral do PIB registrado nos Estados Unidos.

O índice industrial Dow Jones perdeu 0,30%, a 25.451,06 pontos, e o Nasdaq recuou 1,46%, a 7.737,42 unidades. O índice ampliado S&P 500 caiu 0,66%, a 2.818,82.

Na semana, Dow Jones e S&P 500 avançaram 1,57% e 0,58%, respectivamente, e o índice tecnológico Nasdaq recuou 1,06%.

"Os investidores se concentraram mais nos resultados trimestrais das empresas do que nos números do crescimento americano", disse o analista Peter Cardillo.

Twitter afundou 20,5% após a empresa informar que sua base de usuários diminuiu no segundo trimestre, arrastando o conjunto dos papéis de tecnologia.

O índice de tecnológicas do S&P 500 perdeu 1,9%, com quedas de 2,54% para Alphabet, 2,17% para Netflix e 1,66 para Apple.

Um dia após mergulhar 19% por resultados decepcionantes, o papel do Facebook recuou 0,78%.

"Há fragilidade econômica no setor tecnológico, que atualmente está na mira dos organismos reguladores" do mercado, destacou Jack Ablin, do Cresset Wealth Advisors.

Os índices também foram afetados pela queda de várias companhias, como Colgate-Palmolive (-0,42%), ExxonMobil (-2,75%), Electronic Arts (-5,70%), Intel (-8,59%) e Amgen (-0,83%).

O crescimento de 4,1% do PIB dos EUA no segundo trimestre foi praticamente ignorado.

O rendimento dos bônus do Tesouro dos EUA a 10 anos foi a 2,955%, contra 2,976% na quinta-feira. Os papéis a 30 anos eram cotados a 3,083%, contra 3,099% no pregão precedente.

alb/jum/lr

Facebook

EXXONMOBIL

NETFLIX

Starbucks

Twitter

AMAZON.COM

ELECTRONIC ARTS

APPLE INC.

COLGATE-PALMOLIVE

INTEL

EXPEDIA

AMGEN