PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Moeda argentina recua 2,74% após novo acordo com FMI

27/09/2018 16h52

Buenos Aires, 27 Set 2018 (AFP) - O peso argentino caiu 2,74%, a 40,53 por dólar, um dia depois de o governo acertar com o Fundo Monetário Internacional (FMI) uma antecipação e expansão a 57,1 bilhões de pagamentos de seu crédito em "stand-by" nesta quinta-feira.

A Argentina tinha obtido um empréstimo em junho de 50 bilhões em três anos, mas teve de renegociar o acordo devido a novas corridas cambiais.

Uma das medidas acordadas foi estabelecer um sistema de faixas de flutuação e um aumento gradual até o fim do ano a uma taxa de 3% ao mês.

"As faixas deveriam ser não especificadas e não fixas. O acordo tem que ser cumprido a sério. O sucesso dependerá de ser cumprido ou não", disse o renomado economista Miguel Angel Broda, nesta quinta-feira, na conferência anual da Fundação de Pesquisa Econômica Latino-Americana (FIEL), "think tank" das maiores empresas da região.

A partir de segunda-feira, a flutuação oficial da taxa de câmbio deve ficar entre 34 e 44 pesos por dólar.

ls-dm/mls/gm/ll