ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

GE é investigada após registrar forte prejuízo trimestral

30/10/2018 18h28

Nova York, 30 Out 2018 (AFP) - A gigante americana General Electric (GE) informou nesta terça-feira que autoridades iniciaram uma investigação sobre o elevado custo de 22 bilhões de dólares em seu setor de Energia (Alstom), que levou a um de seus maiores prejuízos trimestrais na História.

A firma anunciou um prejuízo trimestral líquido de 22,8 bilhões de dólares devido principalmente à desvalorização de um montante de 22 bilhões em ativos na divisão de Energia, divulgada no começo de outubro.

O Departamento de Justiça (DoJ) e o órgão de regulação da Bolsa de Valores nos EUA, a SEC, já estavam atentos às práticas contábeis da firma e ampliaram suas investigações após a divulgação destes números, indicou a diretora financeira Jamie Miller.

"Cooperamos com a SEC e o DoJ", declarou Miller em uma coletiva de apresentação dos resultados trimestrais por telefone.

Miller anunciou que as dificuldades do setor vão durar mais que o previsto.

O setor energético da empresa não consegue se recuperar da queda dos preços da eletricidade e da redução das encomendas de turbinas.

No terceiro trimestre, as encomendas caíram 18%, a receita 33% e foi registrado prejuízo operacional de 633 milhões de dólares - contra um lucro de 464 milhões neste mesmo período do ano passado.

A GE reduziu o dividendo trimestral para apenas um centavo, a partir do nível atual de 12 centavos. Foram 24 centavos antes de um corte de novembro de 2017.

H. Lawrence Culp, CEO da empresa desde outubro, anunciou um plano de dividir o problemático setor de Energia e indicou que uma mudança de tendência vai demorar.

"Esta é uma empresa forte", disse o novo CEO em uma teleconferência com analistas. "Podemos fazer melhor, mas esta é uma empresa importante".

As ações da GE caíram nesta terça a seu mínimo em nove anos, fechando a 10,18 dólares, um recuo de 8,8%.

SAFRAN

GENERAL ELECTRIC

ALSTOM

Mais Economia