PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Preço do petróleo despenca em Londres e Nova York

20/11/2018 19h35

Nova York, 20 Nov 2018 (AFP) - O petróleo fechou em baixa nesta terça-feira, chegando a seu nível mais baixo desde abril de 2017 em Nova York, debilitado pelo temor generalizado dos mercados com o possível excesso de oferta da commodity no mercado mundial.

O barril de WTI para entrega em janeiro recuou 6,6%, a 53,43 dólares.

O barril de Brent do Mar do Norte, também para janeiro, caiu 6,4%, a 62,53 dólares, em Londres.

A forte queda dos preços não está diretamente relacionada a nenhum fator específico ligado ao petróleo, segundo especialistas.

A commodity foi afetada pela queda dos índices de Wall Street, disse Phil Flynn, do Price Futures Group. "O mercado está dominado pelo medo de ver uma desaceleração considerável no crescimento mundial" e, consequentemente, um colapso na demanda de energia, explicou.

Embora o derretimento seja surpreendente, também não é "totalmente inconsistente com a situação", disse James Williams, da WTRG Economics.

Os atores do mercado estão preocupados há semanas com o recente aumento na oferta de petróleo no mundo, enquanto os preços acumularam uma perda de 25%.

As sanções aplicadas pelos Estados Unidos à produção de petróleo do Irã foram mais leves que o esperado, e seu impacto no mercado foi mais tênue.

Como a Arábia Saudita e a Rússia aumentaram sua produção para prevenir essas sanções, o petróleo atualmente disponível está acima do esperado.

Consequentemente, "as reservas de produtos refinados no mundo estão agora acima da média dos últimos cinco anos", explica.