ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

BCE lança serviço de pagamento online

30/11/2018 15h53

Frascati, Itália, 30 Nov 2018 (AFP) - O Banco Central Europeu (BCE) lançou nesta sexta-feira (30) um serviço de pagamento imediato TIPS que poderá ser usado por consumidores e empresas em toda a zona do euro e é uma resposta aos gigantes da internet.

O BCE, que perdeu a batalha no campo de cartões bancários dominado pelas americanas Visa e Mastercard, quer se preparar para enfrentar as americanas Amazon, Apple e Google, bem como a chinesa Alibaba, que entraram no mercado de pagamento online.

"Com o lançamento do TIPS, o Eurosistema reconhece que a digitalização está abolindo as fronteiras dos pagamentos", disse Yves Mersch, membro do Conselho Executivo do BCE.

"Graças ao TIPS, os clientes dos prestadores de serviços de pagamento vão poder transferir fundos em toda a Europa em tempo real, 24 horas por dia, 365 dias por ano", ressaltou, após pressionar a teclar para autorizar a primeira transação.

Tratou-se de um cliente do banco espanhol CaixaBank, que usou o TIPS para fazer um pagamento imediato a um cliente do banco francês Natixis, informou o BCE em um comunicado.

Foram os dois primeiros usuários de TIPS juntamente com os espanhóis Abanca Corporación Bancaria, Banco Bilbao Vizcaya Argentaria, Banco de Crédito Social Cooperativo e a Caja Laboral Popular Cooperativa de Crédito.

Também adotarão o novo serviço as entidades alemãs Berlin Hyp e Teambank.

O serviço também será habilitado para o dia a dia, como compras em supermercados e postos de combustível.

O TIPS vai "substituir o pagamento em dinheiro com um digital instantâneo", explicou Marc Bayle de Jesse, gerente-geral do BCE e encarregado do setor de infraestrutura e pagamento.

Formas de pagamento online já existem na zona do euro, entre elas Paylib na França, mas são sistemas "nacionais" e reservados aos membros da mesma comunidade, disse Jesse.

O serviço será oferecido a um preço conveniente para os usuários, apesar de gerar perdas aos bancos num primeiro momento.

O BCE estima que várias instituições bancárias vão aderir ao uso do TIPS, e que quando o sistema decolar vai amortizar o custo de lançamento.

O custo para os bancos será baixo, de 0,20 centavos de euro por transação. Além disso, ficarão isentos das comissões para os primeiros 10 milhões de euros em transações efetuadas.

Depois, "os bancos terão que definir como vão cobrar o serviço aos seus clientes", tendo em conta o custo desse tipo de cartas em nível mundial.

De acordo com uma pesquisa do BCE, a zona do euro alcançará 10 milhões de pagamentos instantâneos por dia em cinco anos, o que corresponde a 10% das transações realizadas atualmente com cartões de pagamento.

JPL-fio/kv/eg/mr/mvv

Mais Economia