ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Wall Street encerra semana sólida e Microsoft supera Apple

30/11/2018 20h47

Nova York, 30 Nov 2018 (AFP) - Wall Street fechou nesta sexta-feira em alta uma semana sólida, alentada por um possível relaxamento do conflito comercial entre China e Estados Unidos e marcada pela ultrapassagem da Microsoft sobre a Apple em valor de mercado.

O índice industrial Dow Jones avançou 0,79%, a 25.538,46 pontos, o Nasdaq ganhou 0,79%, a 7.330,54, e o S&P 500 subiu 0,82%, para fechar em 2.760,16 unidades.

Na semana, o Dow Jones ganhou 5,16%, o Nasdaq avançou 5,64% e o S&P 500, 4,85%.

Nesta sexta-feira, os líderes de Estados Unidos, Canadá e México firmaram o novo acordo de livre comércio que substituirá o Nafta, renegociado durante um ano sob a pressão do presidente Donald Trump.

Em Buenos Aires para a Cúpula do G20, Trump disse que encontrou "bons sinais" para sua reunião de sábado com o presidente chinês, Xi Jinping, visando tratar da guerra de tarifas entre EUA e China.

O analista Chris Low, da FTN Financial, avaliou que o novo acordo comercial norte-americano é "tranquilizador", mas outros especialistas estão céticos sobre os resultados da reunião entre Trump e Xi.

Wall Street sofreu nos últimos dois meses a pressão da perspectiva da alta de juros nos EUA e também com a ameaça ao crescimento econômico mundial representada pela guerra comercial entre as duas maiores potências mundiais.

Mas a Bolsa se recuperou esta semana após o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, dar declarações tranquilizadoras.

Entre as principais altas estão Caterpillar, Intel e Coca Cola, cujos papéis subiram mais de 3%.

Microsoft ganhou 0,6% para atingir o valor de mercado de 821,2 bilhões de dólares, superando em 4 bi a Apple, em queda de 6%.

No mercado obrigatório, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos era de 2,995% às 20H20 GMT (18H20 Brasília), contra 3,030% na quinta-feira.

Mais Economia