PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Mnuchin pede ação para estimular crescimento ante riscos de estagnação

10/04/2019 13h56

Washington, 10 Abr 2019 (AFP) - O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, destacou nesta quarta-feira (10) o "melhor" crescimento dos Estados Unidos "em 10 anos" e pediu para outros países que ajam para impulsionar a expansão econômica global através do comércio.

"Os dados econômicos decepcionantes na maioria das regiões lançam dúvidas sobre o alcance destas fraquezas", afirmou Mnuchin em discurso entregue nesta quarta à imprensa, no âmbito das reuniões de primavera (boreal) do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial em Washington.

Embora a desaceleração da expansão global possa ser temporária, apresenta os riscos de uma "estagnação prolongada", segundo ele.

"Os países cujo crescimento está apagado devem implementar políticas econômicas dinâmicas", acrescentou, citando, como exemplo, os Estados Unidos, que tentaram derrubar "práticas comerciais restritivas em todo mundo".

"Precisamos corrigir os profundos desequilíbrios no comércio internacional que provêm, em parte, das políticas comerciais desleais e das barreiras comerciais", disse Mnuchin.

O secretário do Tesouro pediu aos países "que dependem de excedentes externos grandes e persistentes", como a China, com quem os Estados Unidos se envolveram em uma disputa comercial, ou a Alemanha, "para reorientarem suas políticas para estimular a demanda interna".

Sobre as necessidade internas do FMI, Mnuchin estimou que o organismo tem fundos suficientes e, por ora, "não há necessidade" de um aumento das cotas.

vmt/vog/cj/mls/yow/ll/tt

PUBLICIDADE