PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Bolsonaro diz que não quer, nem pode se meter na política de preços da Petrobras

16/04/2019 21h40

Brasília, 17 Abr 2019 (AFP) - O presidente Jair Bolsonaro não quer e nem pode intervir na Petrobras, afirmou nesta terça-feira (16) o porta-voz da Presidência, Otávio Santana do Rêgo Barros, após a crise provocada na semana passada pelo adiamento de um aumento no preço do diesel a pedido do próprio presidente.

"Não quero e não tenho direito de intervir na Petrobras (...), por questões legais e politicas", disse Bolsonaro no início de uma reunião na qual participaram o ministro de Economia, Paulo Guedes, e o presidente de Petrobras, Roberto Castello Branco, informou o porta-voz.

Na semana passada, a Petrobras adiou, a pedido de Bolsonaro, um aumento de 5,7% do preço do diesel, em meio a indícios de que os caminhoneiros poderiam iniciar uma nova greve como a realizada em maio de 2018 que paralisou o país.

A medida lançou dúvidas nos mercados sobre a capacidade de Bolsonaro de cumprir as promessas de liberalização econômica. Na sexta-feira, as ações da empresa estatal na Bolsa de São Paulo caíram 8,5%.

Guedes explicou à imprensa nesta terça-feira que Bolsonaro pretendia obter explicações, dado que "como presidente da republica tem uma preocupação maior que a sola preocupação do mercado", mas que "entende que existem práticas de preços" e que "Petrobras es realmente independente para fixar o preço do petróleo".

Antes da estatal aplicar o aumento -que faz parte de sua política de adaptação aos mercados internacionais- o governo anunciou uma série de medidas para acalmar os caminhoneiros.

Os benefícios concedidos à categoria são de cerca de 2,5 bilhões de reais: uma linha de crédito de 500 milhões para a compra de pneus e manutenção de veículos; e um pacote de 2 bilhões para conclusão de obras em rodovias e investimento na segurança dos motoristas.

As medidas foram bem recebidas pela Bolsa de São Paulo, que fechou em alta de 1,34%, impulsionada pela Petrobras, que teve um lucro de 3,57%.

js/val/lda/lca