PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

México anula licitação internacional para construir refinaria

09/05/2019 17h37

México, 9 Mai 2019 (AFP) - O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, informou nesta quinta-feira (9) que o processo de licitação internacional para a construção de uma refinaria foi anulado. Portanto, a estatal Pemex e a secretaria da Energia vão se encarregar do projeto.

A licitação foi limitada a quatro participantes: os consórcios Bechtel-Techint (Estados Unidos, Itália-Argentina) e WorleyParsons-Jacobs (Austrália-Estados Unidos), bem como as empresas Technip (França) e KBR (Estados Unidos), mas nenhum deles cumpriu os requisitos de prazo e de custos, informou o presidente.

"Estavam pedindo muito, passaram dos 8 bilhões de dólares e do tempo de construção, e nós não vamos fazer nenhuma obra que não possamos terminar" durante o atual governo, que se encerra em 2024, afirmou López Obrador em entrevista coletiva.

O governo mexicano estabeleceu aos concorrentes um prazo máximo de três anos para o início das operações da nova refinaria de Dos Bocas, em Tabasco (sul), por meio da qual procura importar menos gasolina.

"O objetivo principal é alcançar a autossuficiência e a soberania energética de hidrocarbonetos no país", disse López Obrador.

A Pemex não constrói uma refinaria há 40 anos, mas para o presidente isso não é um problema. A obra contará com apoio de diversas universidades, institutos e grupos colegiados.

jg/jhb/gm/ll/tt