PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

França campanha para prolongar vida útil dos bens de consumo

26/11/2019 14h22

Paris, 26 Nov 2019 (AFP) - Reparar, manter e dar nova vida aos objetos em vez de jogá-los fora: esse é o objetio estabelecido pelo governo francês, que lançou uma campanha nesta terça-feira para incentivar a redução de resíduos e gases de efeito estufa.

O objetivo é levar os franceses em direção a um consumo "mais circular", disse a ministra da Transição Ecológica, Elisabeth Borne, em entrevista coletiva na qual apresentou esta iniciativa, em colaboração com a Agência Francesa de Meio Ambiente e Gestão de Energia (Ademe).

A campanha, batizada de "Nossos objetos têm futuro", é baseada na criação de uma página da web, anúncios na imprensa e quatro comerciais.

Essa operação durará três anos e se concentrará nas empresas no próximo ano.

De acordo com dados da Ademe, se a vida média dos aparelhos de televisão na França aumentasse dos atuais oito para nove anos, o benefício ambiental seria de 1,7 milhão de toneladas de CO2.

"Evitaríamos emissões de uma cidade do tamanho de Lyon", afirmou Pierre Galio, chefe do departamento de consumo e prevenção da agência.

Três dias antes do lançamento das promoções da "Black Friday", que começaram a se popularizar na França nos últimos anos, a Secretária de Estado para Transição Ecológica, Brune Poirson, pediu aos franceses que não entrassem nessa "economia mortal", um pouco "absurda".

"Mas não se trata de fazer alguém se sentir culpado", afirmou Elisabeth Borne, que disse que queria "continuar convencendo os franceses a consumir, mas de outra maneira".

Uma Comissão da Assembleia Nacional começou a examinar na segunda-feira um projeto de lei que proibiria os comércios de destruir alimentos não vendidos. Além disso, criaria uma pontuação de 0 a 10 para incentivar compradores e fabricantes a levar em consideração o tempo de vida dos objetos.

O lançamento da campanha coincide com uma mensagem da ONU desta terça-feira, que dizia que o mundo não pode mais adiar as ações radicais necessárias para reduzir a emissões de CO2 se quiser evitar uma catástrofe climática.

jrp-meb/mb/aa