PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

França vai definir preço do álcool gel por decreto após coronavírus fazer demanda disparar

3.mar.2020 - Bruno Le Maire, ministro da Economia e Finanças da França  - Eric Piermont/AFP
3.mar.2020 - Bruno Le Maire, ministro da Economia e Finanças da França Imagem: Eric Piermont/AFP

Em Paris

04/03/2020 06h30Atualizada em 04/03/2020 13h18

A França vai estabelecer por decreto o preço do álcool gel, que viu a demanda disparar desde o surgimento do novo coronavírus, com o objetivo de evitar "preços inaceitáveis", anunciou hoje o ministro da Economia, Bruno Le Maire.

"Anuncio que hoje (quarta-feira) aprovaremos o decreto para regulamentar o preço do álcool gel", disse o ministro ao canal BFM Business.

"Há uma falta de disponibilidade dos produtos", reconheceu Le Maire, antes de explicar que "lavar as mãos com sabão é igualmente eficaz".

"Há casos isolados nos quais foram aplicados preços inaceitáveis", disse.

Le Maire anunciou na terça-feira uma investigação da Direção Geral de Prevenção de Fraudes (DGCCRF) sobre os aumentos de preços do gel desinfetante e das máscaras de proteção desde o anúncio dos primeiros casos de coronavírus na França.

Hoje também foi publicado um decreto do presidente Emmanuel Macron para requisitar máscaras de proteção e reservá-las para os funcionários da área da saúde e os pacientes.

O novo coronavírus deixou quatro mortos na França e 212 infectados. No mundo o balanço é de 3.200 mortos e 92 mil casos.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informou o último parágrafo, são 212 infectados por coronavírus na França, e não 3.200. A informação foi corrigida.

Economia