PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Coronavírus pode custar até US$ 113 bi às companhias aéreas em 2020

Ação de prevenção ao coronavírus no aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires - Governo da Argentina/Divulgação
Ação de prevenção ao coronavírus no aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires Imagem: Governo da Argentina/Divulgação

Em Singapura

05/03/2020 09h08

As companhias aéreas poderão perder até US$ 113 bilhões em receita em 2020 devido ao impacto do novo coronavírus, afirmou a Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) nesta quinta-feira (5).

A IATA estimou as perdas de receita das companhias para o transporte de passageiros entre US$ 63 bilhões, se a propagação do vírus conseguir ser controlada, e US$ 113 bilhões, caso continue se expandindo.

Esta estimativa não leva em consideração as perdas de transporte de frete.

O cenário mais crítico supõe uma redução de 19% da receita mundial do transporte aéreo de passageiros.

"A mudança dos acontecimentos como resultado da covid-19 é quase sem precedentes", disse o diretor da associação, Alexandre de Juniac, após uma reunião em Singapura.

"Em apenas dois meses, as perspectivas da indústria se tornaram piores na maior parte do mundo", relatou.

Segundo a organização, "do ponto de vista financeiro, seria equivalente ao que o setor atravessou durante a crise financeira mundial".

Mais de 3.200 pessoas no mundo, de 84 países e territórios, morreram, devido ao novo coronavírus, e 95.000 pessoas estão contaminados.