PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Mais 5,2 milhões de pedidos de seguro-desemprego nos EUA em uma semana

16/04/2020 10h57

Washington, 16 Abr 2020 (AFP) - Os Estados Unidos registraram na semana passada 5,2 milhões de novos pedidos por seguro-desemprego, um nível historicamente alto pela quarta semana consecutiva, embora em ligeiro declínio, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (16) pelo Departamento de Trabalho.

Os analistas esperavam 5 milhões de novos inscritos na semana de 5 a 11 de abril.

A principal economia mundial perdeu 22 milhões de empregos desde meados de março, em meio às medidas adotadas para conter a propagação do coronavírus, que forçou o fechamento de empresas, lojas e restaurantes.

Apesar de uma queda de quase 1,4 milhão de pedidos na comparação com a semana anterior, as notícias continuam sendo desoladoras. Na mesma semana do ano anterior, apenas 203.000 pessoas solicitaram o seguro-desemprego, de acordo com o Departamento do Trabalho.

Todos os estados citaram a COVID-19 como causa das demissões. A pandemia afetou particularmente setores como hotelaria, restaurantes, comércio, construção e mineração.

Economistas afirmam que isto pode indicar que as demissões atingiram o pico, mas é possível que a taxa de desemprego nos Estados Unidos alcance dois dígitos em abril.

"Após um aumento sem precedentes, os pedidos de seguro-desemprego parecem ter atingido um platô vertiginoso", afirmou Gregory Daco, de Oxford Economic.

Ele completou que os números "permanecerão extraordinariamente elevados nas próximas semanas à medida que a economia afunda ainda mais em uma recessão" e o mercado de trabalho entra em um "período traumático".

jul/Dt/pcm/mr/fp