PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

França vai reforçar controle dos investimentos estrangeiros

29/04/2020 06h32

Paris, 29 Abr 2020 (AFP) - A França vai reforçar o controle dos investimentos estrangeiros para proteger suas empresas em dificuldades devido à crise provocada pela epidemia de COVID-19, anunciou nesta quarta-feira o ministro da Economia Bruno Le Maire.

A barreira para ativar o controle por parte dos investidores não europeus que adquiram ações de uma grande empresa francesa "será reduzida de 25% a 10%" até o fim do ano, anunciou ao canal LCI.

O ministro também informou que o governo não apresentará o plano de recuperação da economia antes de setembro ou outubro, por considerar que é necessário avançar por etapas.

Um dia depois do primeiro-ministro Edouard Philippe apresentar o plano do governo para aliviar progressivamente as medidas de desconfinamento a partir de 11 de maio, Le Maire pediu "ao maior número de franceses a retornar ao trabalho" depois desta data.

"O retorno da atividade é indispensável para a nação francesa. Devemos retornar ao trabalho, devemos retomar nossas atividades e devemos fazê-lo todos juntos", declarou.

A França, um dos países mais afetados pelo coronavírus, anunciou na terça-feira um plano para sair gradualmente do confinamento imposto aos 67 milhões de habitantes do país há seis semanas pela pandemia de COVID-19

O plano inclui testes em larga escala, a reabertura gradual das escolas e do comércio, assim como o uso de máscaras nos transportes públicos. Cafés e restaurantes permanecerão fechados, assim como cinemas, museus e teatros. A temporada esportiva 2019-2020 não será retomada.

arz-mhc/meb/zm/fp