PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Petróleo abre a semana com forte baixa

26/10/2020 18h23

Nova York, 26 Out 2020 (AFP) - O petróleo abriu nesta segunda-feira (26) com uma queda acentuada sob pressão de temores de contração da demanda devido à nova onda do coronavírus e à reativação da produção na Líbia.

Em Londres, o barril de Brent para entrega em dezembro caiu 3,13%, a 40,46 dólares.

No mercado de Nova York, o barril do WTI no mesmo mês caiu 3,23%, a 38,56 dólares.

A intensificação da epidemia de coronavírus "certamente é fundamental" para explicar a atitude do mercado, avalia John Kilduff, da empresa Again Capital.

"Os potenciais confinamentos na Europa atingem todas as esperanças de reativação da demanda", disse.

O outro fator que trabalhou contra os preços foi o retorno da produção da Líbia.

A companhia nacional de petróleo da Líbia anunciou na segunda-feira o fim do caso de força maior que bloqueou a produção do último campo de petróleo ocioso.

Consequentemente, todas as instalações de petróleo da Líbia estão operacionais.

bp-vmt/lo/bh/gm/lda/cc/mvv