PUBLICIDADE
IPCA
+0,31 Abr.2021
Topo

Wall Street se recupera na véspera das eleições presidenciais nos EUA

02/11/2020 21h21

Nova York, 3 Nov 2020 (AFP) - A Bolsa de Nova York fechou no azul nesta segunda-feira (2) um dia antes das eleições presidenciais nos Estados Unidos, depois de ter encerrado sua pior semana e seu pior mês desde março.

O Dow Jones Industrial Average subiu 1,60%, a 26.925,05 pontos, e o tecnológico Nasdaq, 0,42%, a 10.957,61 unidades, enquanto o S&P 500 teve alta de 1,23%, a 3.310,24.

Na semana passada, a bolsa fechou no vermelho devido a preocupações renovadas sobre o avanço do novo coronavírus no mundo.

"A baixa foi realmente forte e rápida e os mercados estavam sobrevendidos, o que levou aos movimentos de compra hoje", explicou Gregori Volokhine.

Depois do resultado surpreendente das presidenciais de 2016, quando muitos investidores se posicionaram pensando em uma vitória de Hillary Clinton, este ano os operadores "tentam encontrar um equilíbrio para evitar a maior quantidade possível de danos", explicou Volokhine.

Antecipando um possível recuo da bolsa após a eleição, alguns fundos tentam gerar liquidez para se beneficiar de eventuais movimentos à baixa, o que pesou nesta segunda-feira em alguns grandes valores do setor tecnológico, entre eles a Amazon (-1,04%) e o Facebook (-0,67%).

Segundo Volokhine, estes investidores estão prontos para "abandonar algo dos bons rendimentos" destas empresas "para ter algo mais efetivo" disponível.

dho/vmt/mr/rsr/mvv