PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Alemanha autoriza construção do túnel submarino mais longo do mundo

03/11/2020 12h32

Berlim, 3 Nov 2020 (AFP) - Após anos de processos, a Justiça alemã autorizou nesta terça-feira (3) a construção do maior túnel rodoviário e ferroviário subaquático do mundo, o Fehmarnbelt, que ligará a Dinamarca à Alemanha.

A infraestrutura, com quase 18 quilômetros de extensão, conectará a partir de 2029 as ilhas dinamarquesas de Lolland-Falster (ao sul de Copenhague) com a região alemã de Schleswig-Holstein, passando sob o mar Báltico.

Com o início das obras na parte dinamarquesa previsto para 1º de janeiro de 2021, na Alemanha as obras estavam suspensas há anos devido a inúmeros recursos judiciais.

Os opositores deste projeto formam um grupo heterogêneo de ambientalistas, que temem a destruição da flora e da fauna do entorno, e empresas de balsas, que desaprovam essa competição potencial a seus negócios.

O mais alto tribunal administrativo alemão rejeitou, porém, seus argumentos nesta terça-feira, pois considerou que não havia risco significativo para o transporte marítimo ou para a natureza.

Somente uma decisão contrária do Tribunal de Justiça da União Europeia em Luxemburgo (TJEU), que se pronunciará sobre a questão em novembro, poderia interromper o projeto.

Após a sua eventual abertura em 2029, o túnel ligará a Alemanha à Dinamarca em 10 minutos de carro e 7 minutos de trem, em vez da hora que leva para a balsa cruzar o estreito de Fehmarn Belt.

O projeto, assinado entre os dois países em 2008, tem um custo global estimado em cerca de 8 bilhões de euros. Financiado por um lado pela Dinamarca e por outro pela Europa, será pago pelos seus utilizadores.

dac/mat/pcm/grp/mb/mr/cc