PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Líderes da União Europeia assinam acordo pós-Brexit com o Reino Unido

Arquivo - Os presidentes da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e do Conselho Europeu, Charles Michel,  assinaram hoje em Bruxelas o acordo que administrará as relações comerciais pós-Brexit com o Reino Unido - Reprodução/Twitter/Charles Michel
Arquivo - Os presidentes da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e do Conselho Europeu, Charles Michel, assinaram hoje em Bruxelas o acordo que administrará as relações comerciais pós-Brexit com o Reino Unido Imagem: Reprodução/Twitter/Charles Michel

Em Bruxelas

30/12/2020 08h28Atualizada em 30/12/2020 08h40

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, assinaram hoje em Bruxelas o acordo que administrará as relações comerciais pós-Brexit com o Reino Unido a partir de 2021.

O texto de mais de 1.200 páginas será transportado a Londres pela Força Aérea britânica, para receber a assinatura do primeiro-ministro Boris Johnson antes da implementação provisória a partir de 1 de janeiro.

Em um comunicado oficial, Michel afirmou que o documento assinado hoje constitui "um acordo justo e equilibrado que preserva os interesses da UE e cria estabilidade e previsibilidade para cidadãos e empresas".

A UE, apontou Michel, está sempre "pronta para trabalhar lado a lado" com o Reino Unido em temas de interesse comum, como ações contra a mudança climática ou a resposta à pandemia de coronavírus.

Em Londres, o Parlamento deve discutir e ratificar o acordo antes do fim do ano.

O Parlamento Europeu se reunirá apenas no fim de fevereiro para ratificar o tratado e por este motivo a UE precisou aprovar a implementação provisória a partir de janeiro.

O Reino Unido saiu da União Europeia em 31 de janeiro e a partir das 23h GMT de 31 de dezembro também estará fora do mercado único e da união alfandegária do bloco.

O acordo, de mais de 1.200 páginas e negociado durante a maior parte do ano, pauta como funcionará a relação comercial entre as duas partes.

Johnson: Reino Unido será 'melhor amigo e aliado' da UE

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu hoje que seu país será "o melhor amigo e aliado" da União Europeia, após sua separação definitiva.

"Vamos ser um vizinho amistoso, o melhor amigo e aliado que a UE pode ter, trabalhando lado a lado sempre que nossos valores e interesses coincidirem, enquanto se cumpre o desejo soberano do povo britânico de viver sob suas próprias leis soberanas feitas por seu próprio Parlamento soberano", afirmou Johnson, durante o debate parlamentar para aprovar o histórico acordo comercial pós-Brexit.