PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Jornalista da agência Reuters é libertado na Etiópia

05/01/2021 15h36

Nairóbi, 5 Jan 2021 (AFP) - Um jornalista etíope independente que trabalha para a agência de notícias Reuters, Kumerra Gemechu, detido em 24 de dezembro em Adís Abeba, foi libertado, anunciou a agência canadense-britânica nesta terça-feira (5).

Kumerra, de 38 anos, que colabora como cinegrafista independente para a Reuters há uma década, foi detido em sua casa "contra sua mulher e filhos". Seu telefone, computador e documentos foram apreendidos.

"A polícia etíope libertou nesta terça-feira o cinegrafista de Reuters Kumerra Gemechu depois de prendê-lo sem acusações durante 12 dias", anunciou a Reuters em um comunicado.

Em 25 de dezembro, em uma breve audiência, um juiz ordenou a prisão de Kumerra por 14 dias adicionais para dar tempo da polícia investigar, sem explicar as causas de sua prisão.

A polícia disse ao seu advogado, Melkamu Ogo, que investigava o jornalista por "propagação de informações falsas", contato "com grupos que combatem o governo" e por afetar "a paz e a segurança do público", indicou a agência.

md/stb/eg/age/aa