PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Petróleo fecha com tendências opostas após a posse de Biden

21/01/2021 20h14

Nova York, 21 Jan 2021 (AFP) - Os preços do petróleo fecharam com tendências opostas nesta quinta-feira (21), em um mercado dividido sobre o impacto da chegada ao poder de Joe Biden nos Estados Unidos.

Na véspera da publicação da cifra de reservas comerciais de petróleo nos Estados Unidos correspondentes à semana passada, o barril do Brent do Mar do Norte para entrega em março fechou com estabilidade, a 56,10 dólares (+0,03%) em Londres.

O barril de WTI, com contrato para março, que começou nesta quinta-feira a ser referência do mercado, recuou 0,33% em Nova York, a 53,31 dólares.

"Os preços do petróleo parecem presos entre duas forças opostas", após a chegada de Biden à Casa Branca, avaliou Jeffrey Halley, da Oanda.

Por um lado, as medidas "restritivas" para a indústria petroleira, como a volta ao acordo climático de Paris, o foco nas energias renováveis ou a suspensão do polêmico projeto do oleoduto Keystone XL entre o Canadá e os Estados Unidos derrubam os preços; por outro, uma proposta de ajuda econômica direta é "percebida como positiva para o crescimento e, portanto, para o consumo de petróleo", explicou o analista.

Este projeto de ajuda de 1,9 trilhão de dólares poderia aumentar a demanda a 350.000 barris diários, segundo analistas de Rystad. Mas esta ideia ainda deve ganhar forma e ser aprovada pelo Congresso.

bp-vmt/lo/els/mr/lda/mvv