PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Amazon e grife italiana denunciam falsificações nos EUA

11/02/2021 17h01

Washington, 11 Fev 2021 (AFP) - A Amazon e a Salvatore Ferragamo entraram com duas ações judiciais em tribunais dos Estados Unidos nesta quinta-feira (11) contra vários vendedores, acusando-os de usar a loja virtual para oferecer falsificações de produtos de luxo da marca italiana.

As ações, ajuizadas separadamente, acusam quatro comerciantes individuais e três empresas sediadas nos Estados Unidos ou na China de vender imitações de cintos da Ferragamo, com seu logo e design, na Amazon.

As empresas argumentaram que compraram alguns dos produtos e verificaram que eram falsos.

A Amazon disse que encerrou as contas dos vendedores, que compartilhavam os mesmos endereços de e-mail, dados bancários, táticas de vendas e embalagens.

"Não permitimos produtos falsificados em nossa loja e deixamos bem claro que tomamos medidas agressivas para responsabilizar os malfeitores que tentam fugir de nossas medidas preventivas", afirmou o vice-presidente da Amazon, Dharmesh Mehta.

A grife Salvatore Ferragamo, conhecida por ser dura contra falsificadores, informou que bloqueou 94 mil produtos em todo o mundo em 2020, recebendo 2,8 milhões de dólares em compensação.

lo/Dt/oaa/cs/hs/yo/rs/ic

SALVATORE FERRAGAMO

AMAZON.COM

PUBLICIDADE