PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wall Street fecha sem tendências definidas após fala de presidente do Fed

23/02/2021 20h50

Nova York, 23 Fev 2021 (AFP) - A bolsa de Nova York fechou mais calma nesta terça-feira (23) do que a abertura desta manhã, após as declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Jerome Powell.

Segundo resultados provisórios do fechamento, o Dow Jones Industrial Average (+0,05%, a 31.537,35 pontos) e o S&P 500 (+0,13% a 3.881,37 unidades) terminaram em leve alta, enquanto o tecnológico Nasdaq fechou em baixa de 0,50% a 13.465,20 pontos, recuperando bastante as perdas do dia.

Powell minimizou as preocupações do mercado sobre um aumento da inflação e reiterou nesta terça que as taxas de juros continuarão baixas até que o mercado de trabalho se recupere e os preços subam de forma consistente.

Em um contexto de temores crescentes dos mercados de que uma rápida recuperação após a pandemia, alimentada por mais estímulos oficiais, leve a um aumento nas taxas de juros para conter a inflação e reduza as possibilidades de as empresas se financiarem, Powell tentou dar tranquilidade aos investidores durante o primeiro dia de sua audiência semestral no Congresso.

A inflação subirá e será "volátil" este ano, quando os americanos começarem a gastar mais, explicou.

No entanto, disse ao comitê de bancos no Senado ser pouco provável que estes aumentos nos preços sejam generalizados ou persistentes.

"Depois de fortes quedas na primavera (boreal de 2020), os preços ao consumo subiram parcialmente o restante do ano", mas "seguem fracos" em vários setores particularmente afetados pela pandemia, detalhou Powell.

"Em 12 meses, a inflação permanece abaixo do nosso objetivo de 2%", analisou.

"Tivemos menos de 2% de inflação nos últimos 25 anos", lembrou Powell, destacando que as mudanças no índice de preços ao consumo não acontecem de um dia para o outro.

A taxa de juros dos bônus do Tesouro para dez anos - chave para antever as expectativas de inflação - subiu fortemente nos últimos dias, o que atingiu a bolsa com precauções de que o Fed elevasse suas taxas antes do que o esperado, embora a economia não tenha se recuperado totalmente.

Mas o Fed manterá suas taxas baixas enquanto a inflação não superar de forma duradoura os 2% e a economia não se aproximar do pleno emprego, disse Powell.

dho/vmt/nth/mr/gma/mvv

PUBLICIDADE