PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Petróleo encerra semana em alta apesar de um dia de quedas

19/03/2021 19h27

Nova York, 19 Mar 2021 (AFP) - Os preços do petróleo encerraram a semana em alta nesta sexta-feira (19), um dia depois de os temores sobre a demanda e os níveis de reservas do ouro negro terem castigado duramente o otimismo que havia dominado o mercado desde o começo do ano.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em maio fechou a 64,53 dólares em Londres - 1,98% ou 1,25 dólar a mais que no fechamento de quinta-feira. No entanto, fechou longe dos 70 dólares alcançados no começo da semana.

Em Nova York, o WTI americano para entrega em abril subiu 2,37%, ou 1,42 dólar, até 61,42 dólares o barril, embora na quarta-feira tenha sido cotado acima dos 65 dólares.

Na quinta-feira, o mercado de petróleo registrou sua maior queda desde setembro, com os dois contratos de referência caindo cerca de 7%.

O Brent e o WTI chegaram a cair mais de 9% na sessão e viveram sua quinta sessão consecutiva em baixa.

Isto se deveu a uma série de notícias decepcionantes para o petróleo: as reservas nos Estados Unidos alcançam seu nível mais alto desde o começo de dezembro (500,8 milhões de barris) e um relatório da Agência Internacional de Energia avaliou que serão necessários dois anos para que a demanda mundial de petróleo volte aos níveis anteriores à crise.

Mas sobretudo influenciou a suspensão da vacina da AstraZeneca em alguns países europeus, após informes sobre possíveis efeitos colaterais.

No entanto, vários especialistas mostraram-se tranquilos nesta sexta-feira.

Levando-se em conta que o petróleo cru subiu muito desde o começo do ano - mais de 30% na quinta-feira antes da queda - "não de todo surpreendente a tomada de benefícios", disse Stephen Innes, da Axi.

Neil Wilson, da Markets.com, acredita, por sua vez, que "o verão (boreal) se perfila como um período de forte demanda".

bp-dho/vmt/nth/yo/dg/mvv

ASTRAZENECA

PUBLICIDADE