PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Economia francesa tem contração no primeiro trimestre

28/05/2021 06h40

Paris, 28 Mai 2021 (AFP) - A aguardada recuperação da economia francesa, afetada pelo impacto da covid-19, não se concretizou no primeiro trimestre, mas o governo continua otimista para o restante do ano.

O Produto Interno Bruto (PIB) registrou contração de 0,1% nos três primeiros meses do ano, anunciou o instituto nacional Insee, que chegou a projetar um crescimento de 0,4% para o mesmo período.

O primeiro trimestre do ano foi marcado por importantes restrições para frear a circulação do vírus, com o fechamento de vários estabelecimentos comerciais considerados não essenciais e limitações aos deslocamentos dentro do país.

Mas o que prejudicou a recuperação foi principalmente a atividade e o investimento no setor da construção.

O governo francês, no entanto, se apressou a confirmar a meta de crescimento de 5% do PIB para 2021. "Isto não muda nosso objetivo de nenhuma maneira", declarou o ministro das Finanças, Bruno Le Maire.

Depois de pedir aos franceses que "mantenham a calma e não desanimem por este ou aquele número", Le Maire disse que todos os indicadores atuais "apontam para uma alta".

O governo espera uma recuperação forte no verão (hemisfério norte, inverno no Brasil), similar ao grande avanço da economia no verão de 2020, após o primeiro confinamento, estimulado pelo consumo das famílias.

O ministro também reiterou o "objetivo estratégico" fixado desde o início da crise: "voltar no primeiro trimestre de 2022 ao nível de desenvolvimento econômico registrado antes da crise em 2019".

Mas o trabalho do governo aumentou um pouco após os resultados do primeiro trimestre.

O PIB continua sendo 4,7% inferior ao do final de 2019, antes do início da crise de saúde.

mhc-meb/zm/fp