PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

França limitará aumento nos preços do gás e eletricidade

Lâmpada, energia elétrica, conta de luz - Getty Images/iStock
Lâmpada, energia elétrica, conta de luz Imagem: Getty Images/iStock

Da AFP, em Paris (França)

30/09/2021 17h34

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou nesta quinta-feira (30) uma série de medidas para limitar os preços do gás e da eletricidade na França, que registraram forte alta na Europa.

Em plena estação do outono na França, o preço do gás deve subir cerca de 12% na sexta-feira, mas Castex garantiu na rede TF1 que "não haverá mais aumentos" até abril, quando uma queda das taxas é esperada.

Sua proposta, chamada de "escudo tarifário", também prevê limitar em 4% o próximo aumento de energia elétrica, que ocorrerá em fevereiro, apesar das estimativas do governo de aumento de 12% no início do ano.

E "se as medidas não forem suficientes", o chefe do governo prometeu reavaliar o cheque de energia de 100 euros (cerca de 630 reais) que planeja pagar em dezembro a seis milhões de famílias de baixa renda.

Jean Castex recusou-se a intervir no preço da gasolina, embora tenha garantido que permanecerá "atento" a esta questão, que alimentou os protestos dos "coletes amarelos" no final de 2018.

A situação energética está se repetindo na Europa. O aumento do preço do gás arrastou para cima o da eletricidade, em um contexto de retomada da atividade pós-coronavírus e à medida que se aproxima o inverno boreal.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, incluiu o assunto na ordem do dia da próxima cúpula dos 27 líderes da União Europeia (UE), marcada para os dias 21 e 22 de outubro.

PUBLICIDADE