PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Grupo chinês Evergrande anuncia retomada de 10 projetos

A crise de liquidez na empresa abalou a confiança dos investidores e sacudiu o mercado imobiliário chinês - REUTERS / Aly Song
A crise de liquidez na empresa abalou a confiança dos investidores e sacudiu o mercado imobiliário chinês Imagem: REUTERS / Aly Song

Em Pequim

25/10/2021 06h29

As ações do atribulado grupo imobiliário chinês Evergrande se recuperaram hoje após o anúncio de que retomou os trabalhos em mais de 10 projetos, enquanto tenta apaziguar os temores sobre sua dívida.

A crise de liquidez na empresa abalou a confiança dos investidores e sacudiu o mercado imobiliário chinês, ao mesmo tempo que alimentou os temores de um contágio para o restante da economia.

Mas a empresa, que tem uma dívida superior a US$ 300 bilhões, pagou na semana passada os juros de um título offshore antes do vencimento no sábado, evitando o default.

A Evergrande havia deixado de cumprir o pagamento de vários títulos offshore e, embora alguns tenham um período de carência de 30 dias, a expectativa geral era de que não conseguiria honrar seus compromissos.

Os investidores celebraram o anúncio de que as operações em Shenzhen "retomaram o trabalho e a produção em mais de 10 projetos em seis lugares".

As ações da empresa chegaram a subir mais de 4% durante a manhã.

O grupo tinha 778 projetos em 233 cidades da China no fim de junho, segundo relatório mais recente.

Os trabalhos em alguns locais foram suspensos nos últimos meses, enquanto fornecedores e empreiteiros reclamaram que não receberam os pagamentos.

A empresa entrou em crise desde que a China começou a controlar o colossal setor imobiliário para conter o endividamento excessivo.

Mas os dispositivos para restringir a tomada de créditos impediram a empresa de completar seus projetos.

PUBLICIDADE