Wall Street fecha em baixa com greve do setor automotivo e reunião do Fed

A Bolsa de Nova York fechou em baixa nesta sexta-feira (15), retomando uma postura cautelosa às vésperas da reunião do Federal Reserve (Fed,  banco central americano) e preocupada com as consequências de uma grande greve no setor automotivo.

O Dow Jones perdeu 0,83%, o índice Nasdaq caiu 1,56% e o índice S&P 500 recuou 1,22%.

O sindicato UAW (United Auto Workers) iniciou uma greve nesta sexta-feira em fábricas das três principais montadoras dos Estados Unidos, General Motors, Ford e Stellantis, após dois meses de negociações infrutíferas para renovar seu acordo coletivo.

A paralisação pode se estender a outras fábricas se um acordo sobre aumentos salariais não for alcançado.

Apesar da greve, as ações da General Motors fecharam em alta (+0,86%) e as da Ford caíram 0,08%.

tu/nth/gv/gm/am

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes