FMI eleva previsão de crescimento da China para 5,4% em 2023

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou nesta terça-feira a previsão de crescimento econômico para a China em 2023 a 5,4%, consequência do aumento do consumo e das medidas recentes anunciadas por Pequim. 

Depois de um ano difícil para a segunda maior economia do mundo, o crescimento no terceiro trimestre foi maior do que o esperado.

O FMI prevê agora um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 5,4% este ano, contra uma estimativa anterior de 5%.

Para 2024, a organização também elevou a previsão para 4,6% (4,2% na estimativa anterior). 

O aumento da previsão reflete "uma forte recuperação posterior à reabertura da demanda interna, em particular o consumo", disse Gita Gopinath, primeira vice-diretora gerente do FMI.

Entre julho e setembro, a economia chinesa cresceu 4,9%, um ritmo mais lento que no trimestre anterior, mas acima do esperado e um pouco abaixo da meta do governo de "ao redor de 5%" para 2023, uma das menores metas em muitos anos.

Em 2022, a economia da China cresceu 3,0%, muito abaixo da meta oficial de 5,5%, asfixiada pelas medidas draconianas contra a covid-19. 

tjx/dan/pc/zm/fp

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes