Wall Street fecha em leve baixa após um mês de altas

A bolsa de Nova York fechou em leve baixa nesta segunda-feira (27), após várias semanas de altas, embora o otimismo não tenha diminuído.

O Dow Jones registrou queda de 0,16%, enquanto o índice tecnológico Nasdaq baixou 0,07% e o ampliado S&P 500 perdeu 0,20%.

"O mercado sobe há quatro semanas e hoje (segunda-feira) pareceu fadigado", comentou Patrick O'Hare, da Briefing.com. "Não havia muita convicção" para continuar, acrescentou.

"Não é algo necessariamente ruim", relativizou, "já que tampouco havia muita convicção para vender".

"Quanto mais o mercado mantiver esta postura resiliente (...), mais as pessoas se convencem de que talvez ainda haja margem para a alta, e isso sustenta" os índices, resumiu.

Muitos operadores se mantiveram ausentes após o fim de semana prolongado do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos.

Tampouco houve novidades econômicas importantes para animar a sessão.

Entre os valores do dia, a plataforma de comércio online Shopify registrou alta (+4,89%), depois de anunciar que cerca de 4,1 bilhão de dólares (cerca de R$ 20 bilhões) em produtos foram comercializados pelos usuários profissionais do site na sexta-feira, 22% a mais que na Black Friday do ano passado.

Muitas ações argentinas continuam registrando altas em Wall Street desde a eleição do ultraliberal Javier Milei para assumir a Presidência em 10 de dezembro.

Continua após a publicidade

A Telecom Argentina teve um dia muito positivo, com alta de +11,63%, assim como o administrador de aeroportos CAAP (+11,51%) e a financeira Banco Macro (+9,18%).

tu/mr/ll/mvv/am

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes