Petróleo volta a subir após seis sessões em baixa

Os preços do petróleo subiram nesta sexta-feira (8) após seis dias de queda, com um aumento técnico impulsionado por compras a preços atrativos.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em fevereiro ganhou 2,41%, fechando a 75,84 dólares.

E o West Texas Intermediate (WTI) para janeiro cresceu 2,72%, a 71,23 dólares por barril, voltando a ficar acima dos 70 dólares.

Em uma semana desde que a Opep e seus aliados na Opep+ anunciaram cortes adicionais na produção, o WTI perdeu quase 11%.

"Chega um ponto em que os vendedores não são tão abundantes", resumiu Andy Lipow, da Lipow Oil Associates. "E aqueles que apostavam na baixa querem se cobrir" comprando, acrescentou.

"A menos de 70 dólares, o barril parece ser uma boa compra, considerando os desenvolvimentos geopolíticos no mundo", explicou o analista, mencionando os ataques a navios comerciais no Mar Vermelho a partir do Iêmen e as reivindicações da Venezuela sobre uma rica região petrolífera disputada com a Guiana.

Sinal do atrativo dos preços do petróleo bruto, o Departamento de Energia dos Estados Unidos lançou nesta sexta um chamado a ofertas para comprar três milhões de barris para suas reservas estratégicas.

Para José Torres, analista da Interactive Brokers, esse anúncio ajudou a consolidar os preços.

Nos próximos dias, segundo Lipow, "o mercado se concentrará na demanda mundial, especialmente da China, além do aumento da oferta dos Estados Unidos e do Brasil".

Continua após a publicidade

tu/er/mr/dga/ic/dd

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes