Petróleo se recupera em mercado mais propenso ao risco

Os preços do petróleo fecharam com alta considerável nesta quinta-feira (14), em um mercado mais favorável aos ativos de risco.

O preço do barril Brent do Mar do Norte, de referência na Europa e para entrega em fevereiro, subiu 3,16%, para 76,61 dólares. Já o West Texas Intermediate (WTI), negociado no mercado americano e para entrega em janeiro, avançou 3,03%, a 71,58 dólares.

"Os mercados comemoram a abertura do Fed [Federal Reserve, o banco central americano] a cortes dos juros" no ano que vem, comentou José Torres, da Interactive Brokers.

Na quarta-feira, o presidente do Fed, Jerome Powell, admitiu que um cronograma de cortes esteve sobre a mesa de discussão na última reunião de política monetária do ano da entidade.

Esta postura é um presságio de "condições financeiras" mais favoráveis, o que beneficia todas as matérias-primas.

O enfraquecimento do dólar diante da perspectiva de redução dos juros barateou o barril de petróleo para investidores em outras divisas, impulsionando os preços.

Para Stephen Schork, do Schork Group, muitos investidores especulativos posicionados na baixa realizaram lucros após a queda do petróleo. E também compraram petróleo como cobertura.

Por sua vez, a Agência Internacional de Energia (AIE) aumentou sua estimativa de crescimento da demanda para 2024 para 1,1 milhões de barris diários, em comparação com os 930.000 previstos até agora.

tu/rhl/mr/gm/dg/rpr/ic

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes