EUA volta a prorrogar isenções comerciais para alguns produtos chineses

Os Estados Unidos anunciaram, nesta terça-feira (26), uma nova prorrogação, até 31 de maio, da isenção de direitos aduaneiros punitivos para centenas de produtos chineses, segundo o escritório do Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR). 

Estas isenções expirariam em 31 de dezembro, segundo comunicado de imprensa.

O USTR também anunciou que em 22 de janeiro iniciará uma consulta pública para avaliar a necessidade de uma nova prorrogação.

Foram estendidas isenções para 352 produtos sujeitos a direitos aduaneiros no âmbito da proteção dos direitos de propriedade intelectual e procedimentos de transferência de tecnologia.

A medida também abrange 77 produtos considerados úteis na luta contra a covid-19.

Embora estas isenções sobre certos produtos chineses expirassem inicialmente no fim de 2020, desde o ano passado o governo do presidente americano, Joe Biden, restabeleceu exceções aduaneiras para alguns destes produtos.

vmt/nth/gm/mel/mvv/dd

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes