Fundo da Opep apresenta resultados recordes em 2023 com USD 1,7 bilhão em financiamento para o desenvolvimento

VIENA, 3 de fevereiro de 2024 (WAM) -- O Fundo da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) para o Desenvolvimento Internacional, uma instituição financeira multilateral de desenvolvimento com sede em Viena, Áustria, ampliou seus novos compromissos para USD 1,7 bilhão em 55 projetos em todo o mundo em 2023, fornecendo financiamento para enfrentar as mudanças climáticas e a transição energética, apoiar a resiliência social e econômica e impulsionar o crescimento sustentável.

A Organização foi criada há 48 anos e os resultados de 2023 representam um recorde em novos compromissos.

O diretor-geral do Fundo da Opep, Dr. Abdulhamid Alkhalifa, declarou que, em 2023, o Fundo da entidade aumentou seu impacto por meio da prestação de apoio ao desenvolvimento em um ambiente global desafiador. "Aumentamos nosso programa de empréstimos em todos os setores em resposta à forte demanda de nossos países parceiros e graças ao nosso sucesso em levantar fundos adicionais nos mercados de capitais. Também conseguimos alavancar nossas parcerias para mobilizar o apoio ao desenvolvimento, trabalhando com bancos multilaterais de desenvolvimento e instituições financeiras de desenvolvimento, como o Grupo de Coordenação Árabe. E estamos no caminho certo com nossa meta para 2030 de destinar 40% de todos os novos financiamentos à ação climática", afirmou.

Em 2023, o fundo apresentou resultados sólidos na África (42% dos investimentos), no Oriente Médio e Norte da África e na Europa e Ásia Central (20%), na América Latina e Caribe (20%), bem como na Ásia e Pacífico (18%) por meio de operações de empréstimos aos setores público e privado, financiamento do comércio e doações. A maior parte do programa de empréstimos do ano passado foi dedicada a empréstimos baseados em políticas (31%). O setor de transporte e armazenamento recebeu a maior parte do apoio do Fundo Opep (14%). Alinhado ao Plano de Ação Climática do Fundo da Opep, o apoio a projetos de energia renovável constituiu quase 60% de todos os empréstimos no setor de energia.



Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes