EAU e Grécia assinam acordo para promover desenvolvimento da infraestrutura digital

ABU DHABI, 2 de fevereiro de 2024 (WAM) -- O Ministério de Investimentos dos Emirados Árabes Unidos e o Ministério de Governança Digital da República Helênica assinaram um Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês) para criar uma estrutura para investimentos em infraestrutura digital com foco em projetos de data center na Grécia.

O acordo foi assinado por Mohamed Hassan Alsuwaidi, ministro de Investimentos dos EAU, e Dimitris Papastergiou, ministro de Governança Digital da República Helênica.

Os data centers a serem desenvolvidos sob esse acordo podem atingir uma capacidade total de 500 megawatts. O mercado de data centers na Grécia testemunhou um crescimento significativo nos últimos anos, em grande parte impulsionado pela Estratégia de Transformação Digital 2020-2025 do país, que visa facilitar a transformação de empresas em toda a República Helênica em empresas digitais e incorporar tecnologias digitais em seus setores econômicos.

As projeções indicam que o mercado de data centers da Grécia chegará a USD 1,218 bilhão até 2028, ante USD 735 milhões em 2022, crescendo a uma taxa anual composta de aproximadamente 9%.

Com 15 data centers, a Grécia está pronta para expandir sua infraestrutura de dados com um adicional de 139 megawatts de capacidade de energia de novos data centers planejados para desenvolvimento nos próximos cinco anos. Isso posiciona o país para se tornar o maior hub de dados do sudeste da Europa e o segundo maior do Mediterrâneo até 2028.

Além disso, a Grécia se beneficia de uma rede de mais de dez cabos submarinos que ligam o país a mercados globais cruciais, reforçada ainda mais por vários pontos de troca de internet no interior do país, resultando em conectividade e confiabilidade significativamente aprimoradas e em um maior apelo para empresas que buscam uma troca de dados eficiente e confiável.

O MoU entre os Emirados Árabes Unidos e a Grécia se concentra na formação de uma colaboração eficaz por meio da construção de relacionamentos entre organizações públicas e privadas. Além disso, o acordo propõe a implementação de incentivos para apoiar iniciativas pertinentes e visa facilitar o intercâmbio de conhecimento.

Alsuwaidi destacou: "A assinatura desse acordo fortalece os crescentes laços econômicos bilaterais entre nossas duas nações e denota uma visão compartilhada que reconhece o papel crucial da tecnologia e do processamento de dados na formação de uma economia digital. Os investimentos planejados em projetos de data center na Grécia devem contribuir para o rápido crescimento da infraestrutura digital do país e oferecer às empresas oportunidades adicionais para colher os benefícios da digitalização."

Papastergiou, por sua vez, comentou: "A Grécia está no caminho certo para implementar a prioridade estratégica do Governo de estabelecer o país como um líder tecnológico na região do sudeste europeu. O Ministério da Governança Digital está empenhado em cumprir a visão do primeiro-ministro de tornar a Grécia um centro de inovação atraente, aberto a investimentos e voltado para o florescimento do ecossistema tecnológico local por meio de parcerias estratégicas".

Continua após a publicidade

E acrescentou que o acordo assinado na sexta é uma prova do compromisso do Governo em solidificar a Grécia como um centro de transferências internacionais de dados, multiplicando o impacto da inovação tecnológica na trajetória de desenvolvimento do país e fortalecendo a colaboração internacional.

O MoU foi assinado no contexto de uma parceria estratégica crescente entre os Emirados Árabes Unidos e a Grécia. Em 2022, os dois países anunciaram um fundo de 4 bilhões de euros (USD 4,2 bilhões) para investir na economia grega. Isso foi sucedido por um aumento notável no comércio não petrolífero entre as nações, com um valor de quase USD 572 milhões em 2021, refletindo um crescimento de 67% em comparação com o ano anterior.



Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes