Topo

Europa entra na mira das empresas americanas e negócios industriais são aplaudidos

Brooke Sutherland

30/07/2015 15h22

(Bloomberg) -- As gigantes industriais que não fecharam nenhum grande negócio podem querer começar a se mexer.

A maioria das empresas compradoras responsáveis pelas principais aquisições de companhias industriais deste ano teve uma alta em suas ações após anunciar os negócios, segundo dados compilados pela Bloomberg. Entre elas estão a Danaher Corp., a Harris Corp. e a FedEx Corp. Em contrapartida, a Emerson Electric Co., a Eaton Corp. e a Pentair Plc -- firmas que estão sob pressão para encontrar aquisições consideráveis após esperar para atuar -- registraram queda.

Com o aumento do caixa de muitas empresas industriais, as recompras de ações e dividendos simplesmente já não satisfazem os investidores. Em vez disso, eles querem ver esse dinheiro investido em aquisições que possam impulsionar o crescimento de suas receitas médias e um foco maior em empresas de seus principais negócios.

Fabricantes multinacionais de todo tipo de produto, de freios para trens a latas de bebidas, caminham para um ano recorde de fechamento de negócios, com US$ 266 bilhões em aquisições anunciadas até o momento. As compradoras americanas investiram mais ou menos o mesmo na Europa e nos EUA, buscando tirar vantagem da força do dólar e das grandes quantias acumuladas no exterior.

Foco na Europa

As aquisições americanas de empresas industriais europeias estão agora em um pico anual de US$ 40 bilhões faltando ainda cinco meses para o fim do ano. A Honeywell International Inc. aumentou as atividades nesta semana, usando o dinheiro que mantém no exterior para bancar a maior parte da aquisição planejada dos negócios de medição da Elster, que faz parte da Melrose Industries Plc, com sede em Londres. Esse dinheiro não pode ser usado para aquisições americanas sem que se incorra em uma grande cobrança de imposto.

"As empresas industriais não pretendem ser bancos e onde você vê muito dinheiro acumulado fora dos EUA, há um poderoso impulso para utilizá-lo em aquisições", disse Joel Levington, analista da Bloomberg Intelligence.

Entre os possíveis futuros alvos da Europa podem estar a Sandvik AB, com sede em Estocolmo, uma empresa de US$ 13 bilhões, ou a alemã Pfeiffer Vacuum Technology AG, de cerca de US$ 880 milhões.

Apesar de muitas das principais empresas industriais da Europa terem se tornado mais caras, elas ainda são uma pechincha em relação a alguns alvos americanos para aquisição.

A Honeywell, por exemplo, está pagando cerca de 13 vezes os lucros projetados da Elster para 2015 antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda). Esse patamar é cerca de metade das 22 vezes o Ebitda para os últimos 12 meses que a Danaher concordou em pagar pela Pall Corp., que tem sede em Port Washington, Nova York.

As compradoras americanas ofereceram uma média de 9 vezes o Ebitda pelo alvos industriais europeus de mais de US$ 1 bilhão no ano passado. Seus pares americanos receberam 11,6 vezes, segundo dados compilados pela Bloomberg.

A fabricante de ferramentas metalúrgicas Sandvik, a produtora de leitores de códigos de barras Datalogic SpA e a Pfeiffer Vacuum Technology estão entre as empresas industriais europeias que passaram pelo filtro da Bloomberg Intelligence para alvos potenciais. Entre os critérios estão margens brutas acima da média e margens operacionais abaixo da média -- sinalizando uma oportunidade para cortes de custo.

Outro caminho

Algumas empresas industriais podem estar mais focadas em perder peso. A ABB Ltd. poderia considerar dividir-se em duas depois que a investidora-ativista Cevian Capital AB adquiriu uma participação nessa fabricante de redes de energia.

Cada vez mais, contudo, as grandes separações vão de mãos dadas com grandes aquisições por fabricantes industriais. A United Technologies Corp. e a Emerson anunciaram grandes desinvestimentos neste ano e ambas podem voltar suas atenções às aquisições.

Entre os alvos da United Technologies podem estar a Allegion Plc, a Hubbell Inc. ou até a Tyco International Plc, avaliada em US$ 15 bilhões. Empresas como ITT Corp., Flowserve Corp. e Gardner Denver Inc. poderiam atrair a Emerson. A Flowserve, uma companhia avaliada em US$ 6,3 bilhões, também poderia interessar à General Electric Co., assim como a Bio-Rad Laboratories Inc. ou, possivelmente, a Pentair.

Título em inglês: Europe Is Hot Spot as Industrial Deals Are Applauded: Real M&A

Para entrar em contato com o repórter: Brooke Sutherland, em Nova York, bsutherland7@bloomberg.net.

Mais Economia