Adams espera assinatura de acordo com Samarco nesta semana

Anna Edgerton e David Stringer

(Bloomberg) -- As autoridades brasileiras esperam assinar na quinta-feira um acordo final para cobrir os danos pelo vazamento da barragem da Samarco em novembro, segundo o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams.

Adams espera finalizar as negociações com a Samarco Mineração e suas proprietárias Vale e BHP Billiton provavelmente na terça-feira, disse ele em entrevista à Bloomberg News no domingo. A Samarco ficará responsável por cobrir os custos ambientais, sociais e econômicos do rompimento da barragem ocorrido em 5 de novembro, que matou pelo menos 17 pessoas no pior desastre ambiental da história do Brasil.

A BHP preferiu não comentar, nesta segunda-feira, o resultado das negociações para o acordo. A Vale não respondeu imediatamente a um pedido de comentário enviado por e-mail.

Autoridades federais e locais do Brasil estão apontando a Samarco como responsável pelas mortes e pela devastação ambiental provocada pelo rompimento de uma barragem que liberou bilhões de litros de lodo sobre comunidades e rios. A empresa mineradora cobrirá os custos dos programas sociais e ambientais em vez de pagar a quantia fixa de R$ 20 bilhões (US$ 4,9 bilhões) pedida originalmente, disse Adams no início deste mês.

A assinatura de um acordo final após semanas de negociações é o primeiro passo para que a Samarco seja capaz de retomar as operações de mineração na região, disse Adams anteriormente. A Vale e a BHP terão que garantir um eventual acordo caso a Samarco não tenha recursos suficientes, disse ele no mês passado.

A Vale e a BHP reduziram sua projeção de produção de minério de ferro para o ano cheio devido à paralisação de seu empreendimento conjunto. A Samarco, que era a segunda maior produtora de pellets de minério de ferro do mundo, teve uma taxa de produção anualizada de cerca de 30 milhões de toneladas em setembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos